Pesquisa Rápida:


ÙLCERA GÁSTRICA


Inflamação das paredes do estômago e do duodeno pela acção dos sucos digestivos sobre as membranas mucosas. Existem também úlceras de origem nervosa provocadas pela acidez excessiva dos sucos gástricos. A doença desenvolve-se lentamente durante 5 ou 6 anos sem problemas para o paciente. Quando atinge a fase aguda a ferida perfura a parede do estômago ou do duodeno, nestas casos é necessária uma intervenção cirúrgica.

As pessoas que correm mais riscos são as que fumam, bebem café regularmente, usam bebidas alcoólicas, usam gorduras, são ansiosas, vivem sob grande tensão nervosa.

 

 

Sintomas:

Dor indefinida na região do estômago, que ocorre com intervalos regulares a por vezes desaparece com a ingestão de alimentos, conforme a doença degenera, aparecem náuseas, vómito, falte de apetite e anemia.

 

Conselhos:

Suspender o uso de tabaco, bebidas alcoólicas, café, gorduras. Combater o stress e o sedentarismo através de caminhadas matinais ao ar livre.

Comer creme de legumes e sopas. Beber muita água, sumos de fruta naturais e leite de vaca abundantemente.

 

Terapias:

Beber água de coco 2 vezes ao dia;

Refeições exclusivas de mamão 4 vezes por semana;

Beber sumo de melão, sem adição de açúcar, ao pequeno-almoço e ao jantar, 4 vezes por semana;

Beber de manhã e à noite o sumo da batata crua;

Sempre que sentir dor no estômago, beber sumo de couve diluído em água;

Beber várias vezes ao dia sumo de repolho diluído em água.

Substituir óleos de origem animal e vegeta por azeite;

Aplicar compressas de argila na zona abdominal durante 2 horas;

Beber 3 vezes ao dia 1 colher de mel diluída em água.